A nova liberdade do meu coração.

  • Por: Rafaela Cristina 


Querido eu passeu anos creditando que precisava de você para tudo, inclusive para dar sentido a minha vida.

Mas hoje, notei que, talvez o que tenha nos separado, não foi falta de amor, e sim excesso dele.

Eu acreditei que amar era ter necessidade da pessoa, por mais que isso doesse, e hoje percebo, que isso sim, foi um grande erro.

Eu mudei muito desde nós, e devo uma parte disso a você.

Eu não leio mais os mesmos livros, não ouço mais as mesmas músicas, e quando a nossa música toca no rádio, eu prefiro mudar de estação; não porque eu sofra, mas sim, porque ela me lembra quem eu era quando estava ao seu lado, e quando isso ocorreu, eu necessitava de você, e isso é algo que eu não faço mais.
Eu sofri, sofri muito, mais do que eu mesma achei que sofreria, mas também, encarei a realidade melhor do que eu imaginava.

Eu não te culpo por nada, nem o que tivemos, na verdade, eu prefiro chamar de consequência, não de culpa.

Consequência das minhas escolhas. Você nunca me obrigou a criar expectativas, pelo contrário, preferia que eu não criasse, mas eu criei mesmo assim; e a culpa não foi sua.

Eu demorei um tempo para voltar a soltar meu cabelo, pintar as unhas ou usar aquele vestido que você adorava, mas eu voltei, e é o que importa.

Eu demorei para perceber, mas hoje, eu percebo, que meu erro não foi nosso; foi meu, e somente meu.

Eu sei que você me deixou partir, mas eu preferi ficar, eu fiz minhas escolhas.

Mas agora, depois de um tempo sozinha, eu percebi, que estava mais do que na hora de voar, afinal, quem sabe escolher onde ficar, deve também saber a sua hora de partir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s