Você não pode 

Por: Mariana Ferreira e Rafaela Cristina

 
Você acha que é assim? Que você pode ir e vir nos corredores da minha vida quando quiser? Pois fique sabendo que não é assim que as coisas funcionam por aqui. Você não pode me dar esperanças de que um dia vamos dar certo e sumir, não pode falar coisas bonitas, fazer uma bagunça aqui e depois simplesmente ir embora. 
Você não pode me dizer que cansou de ser galinha, que não quer mais festas e continuar atrás de todas essas garotas. Não pode me chamar de linda, e dizer que sou única para você quando você nem sequer está perto de acreditar em suas palavras.
Esses corredores são agradáveis, eu sei, mas não são para a sua circulação. Você não pode me ligar de madrugada e depois fingir que nunca nos falamos, não pode me encontrar toda quarta-feira na mesma hora, no mesmo lugar e fingir que nunca fomos nada, não pode olhar pra garota que você disse que amava em uma ligação as 4:57 da manhã e fingir que isso nunca passou de um simples nada.
Você simplesmente não pode entrar e sair por aquela porta, sorrir pra mim, me pedir ajuda em questões, nem responder as minhas mensagens rápido, mas continuar fingindo que não foi nada.
Querido, se você acha que esse sorriso lindo, e esse cabelo bagunçado são o suficiente para receber um passe de livre circulação, saiba que você não vai consegui-lo assim. Para conseguir me convencer de que você pode, você terá que lutar pelo seu tão sonhado poder, mas enquanto, isso, acostume-se a ouvir que você não pode.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s